“Festa da firma”: Use-a em seu favor!

Entre as festas diversas que temos de fazer parte, a confraternização profissional – a famosa festa da firma – é praticamente obrigatória e deve receber um pouquinho mais de atenção de nossa parte.

As histórias que mais escutamos se referem a micos e gafes cometidas que certamente mancham a imagem e não têm volta. Por outro lado, um comportamento adequado pode ser muito positivo para sua carreira. Leia as #UpDicas da semana!

Tenha controle, mas saiba que é uma festa
O equilíbrio é a base, porém não se esqueça que você está ali para se divertir. Aproveite para conversar com quem nunca havia conversado antes, procurar interesses comuns, dar risadas e celebrar.

E atente: essa não é a hora de falar sobre trabalho. Jamais peça aumento, promoções ou coisas como um ar-condicionado ou um bebedouro para o refeitório, por exemplo.

Deixe a extravagância no guarda-roupa
Embora seja uma festa, ali as pessoas são da empresa. Evite peças curtas demais, coladas no corpo, decotes profundos, perfumes fortes, cores e estampas berrantes. Os enfeites devem ficar na árvore! Porém, saiba imprimir a sua personalidade em algum detalhe, como um acessório, por exemplo. Isso, inclusive, pode gerar assunto para conversas.

Viemos aqui para beber ou para conversar?
Para conversar. A confraternização é um networking. Um drink ou outro não é problema nenhum, só que quanto mais álcool, menos autocensura. Cada um deve conhecer o corpo que tem, e beber é saber quando parar. Ninguém precisa ter seu porre como assunto do dia seguinte.

Paquerar ou não paquerar?
Algumas empresas permitem, outras não. O importante é ser discreto, elegante e natural. A mesma coisa vale para os casais já formados.

A mais importante: bom senso!
Bom senso é uma regra da vida, não é? Logo, manter tudo em equilíbrio é o mais adequado. Comportar-se bem envolve também o ambiente em sua volta, então a palavra-chave é se adequar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *